Logo-2017

2

Detalhes tão pequenos - Como fazer stencil para decorar bolos

19/01/2017 - 2 Comentários - Detalhes tão pequenos | Açúcar de confeiteiro, Bolo

Stencil, também conhecido como molde vazado, é uma técnica de decoração muito acessível e de resultados lindos. Serve pra deixar sua mensagem desde paredes e camisetas até bolos.

Basicamente, a gente recorta uma superfície, e a parte que tiramos do papel é o desenho que vai ser impresso. Acho que a foto ajuda a entender a ideia.

Gosto demais dessa brincadeira, então faço testes com desenhos mais detalhados, como o Nacho Libre da foto aí embaixo. Mas também já fiz bolo de aniversário só com alguns corações e acho lindo. A pedido da Rebeca, preparei este post explicando a técnica.


O clichê a que o título de refere sou eu própria, yours truly. Como assim? Assim:

Assim, tenho passado um bom tempo em casa, cozinhando e escrevendo, e organizando o blog, e chega uma hora que dá um bode e preciso mudar de cenário. Aí está o clichê: apesar de ter muitas pautas em mente, deu uma certa falta de inspiração para escrever. Então fui a um café, e de repente não consigo parar de desenhar letras sobre o papel.
Geralmente, um parque perto da minha casa é o meu quintal. Mas com a chuvinha boa que está caindo, decidi ir conhecer este lugar onde queria ir há tempos. Me apaixonei.
Inclusive porque no trajeto à pé as idéias vão tomando forma sem que a gente nem perceba.

Quanto ao inusitado, é que outro dia me deparei com um belo maço de beterrabas que estava sem destino em casa, já que ando mais interessada nas ramas das beterrabas do que nelas próprias. Me lembrei de um vídeo todo bonitinho que uma amiga recomendou tempos atrás, onde aparecia a receita de um bolo sem farinha, de chocolate com beterraba. Ta aí uma combinação que eu não pensaria se ninguém me contasse que existe. E, olha, que delícia!


Pães de minuto, essa maravilha da humanidade!

Na verdade, eu chamaria estes pequeninos de bolos, porque são feitos com fermento químico em vez de fermento biológico. E essa é a razão pela qual eles ficam prontos tão depressa.

São ótimos para preparar um lanche rápido, pra quando alguém aparece em casa, para servir como desculpa pra ligar o forno em tardes geladas, esse tipo de coisa.

A receita vem de um livro que ganhei de um amigo no ano passado, chama "Bolinhos salgados e doces", da Ilona Chavancova.


Tem coisas que a gente aprende quando é pequeno, muitas vezes através da observação, que acabam se tornando verdades absolutas. 

Uma coisa que aprendi com a minha avó Nelci é que toda vez que se recebe uma visita em casa, ou toda vez que alguém de casa volta de viagem, a gente faz alguma coisa especial pra esperar a pessoa. Sempre. 

Calhava que 98% das vezes essa coisa era bolo.

Então na minha cabeça, receber alguém em casa está associado a fazer um bolo.

Alguns dias atrás, recebi duas pessoas muito queridas (oi Ire, oi mãe), então aí está, bolinho de limão siciliano com sementes de papoula.

Claro que tirei essa receita do technicolor kitchen, reino dos doces feitos com fruta cítrica, e pra mim o lugar número um pra achar um receita boa para as minhas recém-adquiridas sementes.


O que temos aqui?

Um menino de aniversário, um potão de doce de leite mineiro (acho que eram 500g, talvez mais), amendoins fantásticos.

Pra mim pareceu uma boa idéia transformar tudo isso em um bolo de canela recheado de crocante de amendoim e doce de leite. Adaptei essa massa aqui, que ficou um pouco mais seca do que eu esperava, mas ainda assim boa, e o resultado foi o bolo da foto.


1

Bolo branco de iogurte

05/06/2014 - 1 Comentários - Receitas | Bolo, Iogurte

Este é um bolinho básico pro dia-a-dia, super super fofinho.

Receita um tanto quanto adaptada daqui.


0

Cupcakes para Santa Fé

05/06/2014 - 0 Comentários - Receitas | Bolo, Chocolate, Cupcake

O Lucas e a Ariane, amigos que estudam moda, tinham que fazer para a aula algo que relacionasse o paladar a uma marca, por exemplo algo para servir na inauguração de uma loja.

Eles escolheram a Santa Fé, marca de bolsas da Ariane, e pediram uma mão pra fazer cupcakes.

Bom, na primeira fornada usei uma receita que eu não conhecia e o resultado foi o desastre aí de cima, mas o dia foi salvo com a maravilhosa receita de nega maluca da Edi. Ufa!


0

Bolinho de banana sem farinha

05/06/2014 - 0 Comentários - Receitas | Aveia, Banana, Bolo

Já deu pra reparar com que frequência eu tenho bananas sobrando em casa? haha

Esse aqui é um bolinho simples, sem farinha, bem gostosinho pra café da manhã.


Foi no final de 2009/ início de 2010 que comecei a pegar o jeito de fazer biscoitos.
Eu sou o tipo da pessoa que pode errar muitas vezes, mas pelo menos erro prestando atenção, então vou lembrando dos erros e evitando eles cada vez que preparo uma receita. Depois de algum tempo (às vezes demorado, às vezes rápido) aprendo a acertar.
Bom, o caso foi que meu irmão só viu biscoitos que eu fiz quando eu já estava mais pro lado do acerto, e lembro de ele ter ficado impressionado. Fiquei tão contente de ele gostar dos doces, que quando dá (quando minha mãe me visita) faço alguma coisa pra mandar pra ele. Aí que eu quis fazer um bolo pro aniversário dele que fosse muito bonito e amoroso.


0

Um truque.

26/11/2010 - 0 Comentários - Detalhes tão pequenos | Bolo

Obs: o post anterior, esse e o próximo estão sendo feitos comendo um miojo na malandragem,  por causa de fome e cansaço devido à semana de loucura.
To tão malandra que até usei foto tortinha!
Bom, o truque é coisa rápida: quando tiver um bolo em casa já meio velho, ficando seco, que não faz mais muito sucesso (e que ninguém quer jogar fora porque afinal isso não se faz) ele ganha todo um novo apelo se virar torrada, quentinho.

O meu comi puro mesmo, com café. Mas se for o caso de pôr manteiga/geléia/mel ou alguma outra coisa por cima, também fica ótimo.